E quando Deus tira algo de nós?

É até certo ponto um clichê o pensamento de que Deus, porque é bom, nos tira algo quando, em sua sabedoria, percebe que aquilo não nos faz ou fará bem. E de fato. Mesmo levando em consideração nosso livre-arbítrio, a Divina Providência costuma zelar por nós a tal ponto que, por sua omnisciência, muitas vezes se antecipa a nós e retira de nosso caminho aquilo que nos faria sofrer, ou até mesmo nos afastaria dEle.

Isso é algo indubitável: Deus cuida de nós e responde à oração do “Pai nosso” ao livrar-nos do mal.
Há, porém, um cuidado de nosso Senhor por nós que o leva a tirar de nós coisas importantes, não porque elas nos fariam mal, e sim porque ele deseja nos surpreender. E Ele não cansa de fazer isso por nós. Isso se chama Amor. É como o namorado que enche o quarto de sua amada de rosas, mas finge esquecer que aquele é o dia em que comemoram mais um ano juntos, só para surpreendê-la.

Certo dia, Adão estava no Éden, como todos os outros. Mas algo diferente estava prestes a acontecer. Deus fez com que ele caísse num sono profundo e retirou-lhe uma costela. Ao acordar, Adão talvez pudesse ter pensado: cadê minha costela?? E agora, como pode um homem viver sem a sua costela, que é tão importante?! Mas aí está o segredo de Deus. Adão perde uma costela, mas ganha Eva. Sua solidão chega ao fim. Sua tristeza se transforma em dias e dias de profunda felicidade. Ela é muito mais importante do que a costela perdida, na verdade, ele nem mais lembra que possui só uma.
Este é nosso Deus, um Deus que não cansa de nos surpreender.

Se você, meu filho, minha filha na fé, acha que tem perdido coisas em sua vida, louve a Deus, pois algo de maravilhoso está por vir!

Irmão Ricardo Lavra, fundador da CSDM

Leave a Comment